Monday, February 2

Abraham Maslow - A teoria da hieraquia das necessidades




Maslow foi o fundador da teoria da hierarquia das necesssidades. Todas as necessidades básicas do Homem são instintivas. Semelhantes aos instintos dos animais. Se o meio em que o ser Humano se desenvolve é benigno, as pessoas desenvolverão uma personalidade agradavel e positiva, conseguindo atingir os seus potênciais maximos. Caso o meio não seja “favoravel” ( e não o é a maioria das vezes) não conseguirão desenvolver os seus potenciais e não chegarão realizar-se.

A Teoria da Hierarquia das Necessidades de Maslow assenta em dois pressupostos
fundamentais:
• As pessoas são organismos motivados pelo desejo de satisfazer determinado tipo de necessidades
• Essas necessidades são universais e dispõem-se de forma sequencial ou hierárquica. Isso significa que o indivíduo se sentirá motivado a satisfazer uma necessidade de nível superior apenas quando todas as outras necessidades que lhe são inferiores estiverem satisfeitas

Necessidades fisiologicas:
São as necessidades biológicas. Oxigénio, comida,água, temperature constante do corpo. São as necessidades mais “fortes” porque se um ser humano fôr privado de todas estas necessidades, as necessidades psicologicas passarão a ser as principais na procura humana pela satisfação.
.
Necessidades de segurança:
Quando todas as necessidaes fisiológicas forem satisfeitas, deixam de controlar o pensamento e as atitudes. As necessidades de segurança podem então tornar-se activas. As pessoas adultas têm pouca percepção das necessidades de segurança, a não ser em casos de emergência, ou periodos de instabilidade social. Ao contrário as criananças manifestam constantemente as suas necessidades de segurança.
.
Necessidades sociais ou de amor:
Quando as necessidades de segurança estão completamente satisfeitas, aparece o nivel seguinte das necessidades: Necessidade de amor, afecto e de aceitação social.

Necessidades de estima :
Quando as primeiras três classes de necessidades se encontram satisfeitas, aparecem as de estima. A auto-estima e o reconhecimento social. Todos os seres humanos tem uma necessidade constante, firmemente baseada num alto nivel de auto-confiança e respeito dos outros. Uma vez satisfeitas estas necessidades a pessoa sente-se valorizada e auto-confiante. Quando estas necessiaddes são frustradas a pessoa sente-se : inferior, desvalorizada, fraca, sem hipoteses.

Necessidades de auto-realização:
Quando todas as outras necessidades forem satisfeitas e sómente nessa altura se farão sentir as de auto-realização.
Maslow defende que a auto-realizacao é a necessidade da pessoa de fazer e de ser aquilo para que nasceu. “ Um músico tem que fazer música, um artista tem que pintar e um poeta tem que escrever.”
Estas necessidades fazem as pessoas sentirem-se agitadas, nos seus limites, nervosas, stressadas, fatigadas, inseguras, “desamados”, desgostosos etc.
Se uma pessoa está nervosa, deprimida, cansada, é muito fácil saber porquê. Mas nem sempre se consegue claramente saber o que é que a pessoa quer para se realizar.

A teoria das necessidades é representada por uma pirâmide. Na base as necessidades básicas e no cume as necessidades de auto-realização.
Maslow acredita que a unica razão porque as pessoas não progridem em direcção à auto-realizaçao, se deve a obstáculos colocados pela sociedade. Para ele educação pode ser um desses obstaculos. E defende que os educadores deveriam concentrar-se no potencial intrínseco de cada individuo e fomentar a sua auto-realização.

Dez pontos nos quais os educadores se deveriam concentrar:
1. Deveriamos ensinar as pessoas a serem autênticas. Para que percebam as suas caracteristicas intrínsecas.
2. Deveriamos ensinar as pessoas a separar-se das suas caracteristicas culturais e a tornarem-se cidadãos do Mundo.
3. Deveriamos ajudar as pessoas a encontrarem as suas verdadeiras vocações.
4. Deveriamos ensinar que a vida é preciosa. E que se as pessoas estiverem abertas a reconhecer o que é bom e a felicidade em todo o tipo de coisas, a vida é valiossissíma.
5. Devemos aceitar as pessoas tal como são e ajudá-las a encontrarem a sua verdadeira natureza.
6. Temos que verificar que as necessidades basicas da pessoa foram satisfeitas.
7. Deveriamos refrescar as consciências, ensinando a pessoa a apreciar a beleza e todas as coisas boas da natureza.
8. Devemos ensinar que há regras boas e que a total inexistência delas é nefasta.
9. Deveriamos ensinar as pessoas a não dar importância aos problemas triviais e a combater os problemas sérios. Tais como: injustiça, dor, sofrimento e morte.
10. Devemos ensinar as pessoas a fazer boas escolhas.


A admiração que tenho por Maslow já vem de há muitos anos, desde a adolescência que me encontrei nas correntes Humanistas. Mas agora, com quase meio século da minha existência, estou mesmo convencida que é uma das teorias que melhor se aproxima da essência Humana.

10 comments:

Ferreira-Pinto said...

Uma excelente reflexão que, infelizmente, não será lida por muitos pedagogos nem por muitos desses iluminados que tinham a obrigação de ensinar valores e ética às pessoas.

São said...

Mais uma coisa que temos em comum.
Nas Acções de Formação de que sou responsável trabalho sempre esta pirâmide!
Boa semana.

LeniB said...

Olá!
Como já deves ter percebido "privatizei" o meu blog.
Envia um mail para o prozaques, caso queiras, para te adicionar à lista dos que o podem ler!!
bjs

O Árabe said...

Não conhecia... e é interessantíssima. Obrigado pela partilha, boa semana. :)

São said...

Bom domingo!

SILÊNCIO CULPADO said...

Um excelente post que trabalha sobre uma matéria que me é cara e sobre a qual me tenho debruçado. Parece simples esta compreensão mas existe uma distância enorme entre a vontade e a capacidade de interiozar estes conceitos. Por isso tanto fracasso evitável.

abraço

O Árabe said...

Torcendo por um novo post, desejo uma bela semana! )

São said...

Venho para lhe desejar um Dia da Mulher bem a seu gosto.
Beijinhos.

Peter said...

Feliz Dia da Mulher, minha cara amiga.

Coloquei um post alusivo ao dia no meu outro blogue, que pouco utilizo, eu sei.

http://oblogdopeter.blogspot.com

SILÊNCIO CULPADO said...

Passo e deixo um abraço.